#69 - Bomba elétrica submersível garante eficiência energética em usina de biomassa


Um dos maiores moinhos de biomassa dos Estados Unidos, situado no Alabama, produz anualmente mais de 300.000 toneladas em pellets de madeira para uso em usinas como uma fonte de energia renovável. Antes de processar as lascas de madeira, os depósitos de moinho as armazenam em seus dois silos de 150 pés.

À medida em que as lascas se assentam em silos, elas começam a se decompor naturalmente e isso gera energia calorífica. É por isso que estes tipos de instalação, normalmente, já possuem sistemas de extinção de incêndio baseados em reservatórios de água próximos ao silo. Sem isso, o calor acumulado pode facilmente provocar graves combustões.

Mas para garantir supressão de fogo permanente, também é necessário um suprimento de água permanente. Neste caso, bombear a água de um rio das proximidades, se mostrou a solução de melhor custo/benefício, mas se viabilizou somente graças à aplicação de tecnologias de bombeamento mais sustentáveis.

Bombas hidráulicas acionadas a diesel poderiam causar dano e risco a integridade do habitat e vida selvagem, bem como, possivelmente, contaminar o abastecimento de água.

Analisando a situação, a melhor opção encontrada foi a bomba elétrica submersível WEDA 90 da Atlas Copco.

Este modelo permitiu transferir a água até os 70 pés da mangueira do rio para o silo. Uma bomba centrífuga padrão não teria capacidade de elevação de sucção para atender aos requisitos do projeto.

Os engenheiros também tiveram de considerar o peso da bomba. O guindaste necessário para suspender, apoiar e baixá-la no rio tinha capacidade limitada a 600 libras. Este foi outro fator determinante para a escolha do modelo WEDA 90, que pesa cerca de 400 libras e possui fácil encaixe dentro das limitações do guindaste.


O modelo WEDA 90 possui alta capacidade de drenagem e design compacto.

A bomba WEDA 90 opera 24/7 durante três meses no ano, empurrando 550 galões por minuto, a mais de 100 pés na dinâmica total. Além dos benefícios ambientais, esta tecnologia se configura como uma opção mais barata do que um modelo a diesel. O consumo medido foi de US $ 2.268 por mês em quilowatt-hora. Uma bomba submersível hidráulica a diesel, teria tido um consumo de combustível mensal estimado em US $ 4.240.

E como se não bastasse isso, o custo de aquisição de uma WEDA 90 também se mostrou inferior em quase US $ 18.000 quando comparado à um sistema submersível com linhas hidráulicas.

Finalmente, os responsáveis pelo projeto também estimaram uma economia de cerca de US $ 370 mensais com manutenção.


 
Loading
Conheça Nossos Canais:








 

VÍDEOS EM DESTAQUE

Assista o vídeo
Atlas Copco - Geradores QAS 360 / QAS 550
Assista o vídeo
Atlas Copco - Geradores QAS 360 / QAS 550
 

Sobre o blogER

O blogER, é um blog feito para engenheiros e profissionais da construção civil. Para saber as novidades do setor de energia portátil, entre no nosso blog, e também nos acompanhe nas redes sociais.

 
 

Comentários

Não há comentários para este artigo.

Nome:

E-mail:

Telefone:

Comentário: